21/04/2016

[DIÁRIO DE UMA DEPRESSÃO] NÃO SOU FELIZ

Não sou feliz!
É uma frase que pode ser vista como uma tentativa de chamar a atenção, que a autora da frase seja vista como "coitadinha" e dramática demais, afinal de contas aparentemente a pessoa está bem. Escreve-la assusta-me mais a mim do que a vocês, confiem! Mas esta é a minha verdade hoje...não sou feliz.
Nada é tão mau como sentir-se vazio por dentro, nada é tão assustador como sentir-se um vazio e eu sinto.

A depressão, ao contrário de qualquer tristeza normal não aparece por um motivo. Aparece e torna o nada num motivo. Não importa se tenho falta ou fartura de dinheiro. Não importa os objectivos que até há bem pouco tempo pareciam impossíveis terem sido alcançados. (O meu telemóvel!) Não importa se poderei comer novamente, quantas vezes quiser um BigMac ou uma CheeseHam. Não importa estar horas a jogar um dos meus jogos preferidos sem me preocupar com horários. Não importa ter uma família (a próxima) fantástica. Não importa ter dois sobrinhos lindos que sei que me amam apesar de eu odiar o que vejo ao espelho.
Nada importa porque a maior parte dos meus dias acordo e adormeço a sentir-me infeliz. E sentir-me infeliz ainda é melhor do que quando não sinto nada...

Gostava tanto de melhorar, gostava tanto de ser diferente...mas não consigo. Não sou. Sinto-me infeliz no dia-a-dia e lutar contra este sentimento é desgastante.

Hoje decidi não lutar contra a depressão: Não estou feliz. Não sou feliz. E hoje decidi permitir que a depressão vença.

Mas não importa se é amanhã, ou depois de amanhã, mas vou voltar a lutar!

"WRITE BECAUSE IT HURTS AND THEN WRITE UNTIL IT DOESN'T!"
K. Towne Jr.

Desejo do fundo do coração muita força a quem está a lutar contra depressão por este mundo fora. Vençam este sentimento, não baixem os braços. Não façam como eu!